Eu começo esse texto explicando como eu explicaria lei da atração para uma criança entender, e depois eu percebi que não temos nada que ensinar e muito o que aprender.
E que essa minha explicação, não é pra crianças, é pra adultos, pois crianças estão vivendo isso, os adultos é que estão atrapalhando.
 
Aí vai:
 
Tudo é energia. 
 
E energia vibra. Você consegue imaginar isso?
 
O mundo todo é energia vibrando… e cada pessoa, cada ser vivo e até cada coisa… vibra de um jeito diferente em momentos diferentes. 
A maioria das pessoas não presta atenção nisso. 
 
Mas existe um grande poderoso segredo, que eu vou te contar: 
Se você prestar atenção nisso, você vai começar a aprender a controlar a sua crianças própria energia. 
E porque é a sua energia vibra do jeito que própria você quer…. você esta agora no controle, do que você vai atrair ou não. 
 
Vou dar um exemplo: 
Ja percebeu que no dia que você esta irritado com alguma coisa, e sua energia esta vibrando isso…  nesse dia acontece também uma coisa chata? 
E no dia que você esta feliz, acontecem mais coisas boas? 
Se você ainda não percebeu isso, começa a perceber. 
 
Quando está se sentindo bem, coisas boas acontecem a sua volta. 
E se você começasse a fazer você questão de se sentir bem? 
 
Imagina que se você fizesse isso, prestasse atenção na sua energia e emoções, você agora pode fazer pedidos. 
Para um pouco, qualquer momento, pode ser antes de dormir, ou logo depois de acordar… e pede.
(fala alto ou escreve em um papel) 
 
Agora você sabe o que você quer que aconteça. 
Você faz a sua parte…. 
Lembra do truque pra fazer as coisas boas acontecerem? 
É você ficar feliz, porque é a sua energia que está vibrando de um jeito que vai chamar mais coisas boas, e você você pode escolher que coisas boas são essas. 
Legal e  fácil, né? 
 
 
E ainda tem mais coisa boa, porque quando você está fazendo questão de se sentir bem as pessoas que estão perto de você, também se sentem bem. 
 
E quando você se sente mal, tudo bem também, tudo é energia, e existe um contraste necessário no mundo,  faz parte, porque somos humanos, nos sentimos tristes as vezes, e com raiva as vezes, e tudo bem, nessa hora, você também tem poderes, pode perceber isso e pensar: eu não gosto disso. eu não quero mais isso. 
E  isso também é um pedido, poderoso. 
É importante saber o que você não quer pra você saber ainda mais forte o que você você quer. 
 
Você pode inspirar bondade.
Você não pode controlar os outros mas você pode você fazer fazer questão de se sentir bem e isso inspira o bem nos outros. 
 
Você é mãe (ou pai) e está preocupada em como seus filhos vão ser aceitos no mundo.
Porque você cresceu tentando ser aceita e continua insegura, porque busca isso você fora de você,  e isso dificulta tudo, porque você nunca vai se sentir bem se isso depender de outra pessoa. 
Você fica controlando os seus filhos e  se controlando e focando em como as pessoas vão reagir, se vão te aceitar, aceitar seus filhos.
Dando ordens, controlando eles, e eles vão se sentindo cada vez mais inadequados… 
Não seria muito mais legal confiar que eles tem a sua vão própria mensagem, que eles estão conectados ou se conectam com facilidade ao seu potencial maior, a essa fonte infinita de amor e sabedoria?
E se a gente confiasse nisso? 
E parasse de pensar que nosso trabalho é educar eles?
E começasse a perceber que nosso trabalho assim como o trabalho deles é fazer questão de se sentir bem?
É confiar que a criança veio já pronta. 
Seu filho não veio faltando coisas que você tem que ensinar… ele veio com a curiosidade natural de aprender sozinho, ele veio cheio de inspiração e vontade.
Ele veio mostrar isso pra você, mostrar como é fácil estar conectado com essa fonte. 
Mas a gente esquece disso e fica educando, podando, invertendo os papeis. 
 
Outra coisa, quando você está educando, você está  conectando com tudo que você ate agora aprendeu que pode dar errado e focada em evitar isso. 
Quer dizer, seu foco está no que não está bom, em tudo que pode dar errado, limitando a sua experiência e a dele. 
 
E se as coisas fossem mais divertidas? 
E se você percebesse que não pode controlar seus filhos mas você pode sim controlar como você reage a eles. 
 
E como pai/mãe você encontrar a sua conexão e vibrar isso pra eles.
Porque não adianta falar pra eles, que o mais importante é se sentir bem, e depois ficar reclamando, focando no que não esta bom. Tipo “ Vai ser feliz, mas eu não posso agora porque estou muito ocupada. “
 
Mostra que você foca nas partes boas e não presta muito atenção no que esta bom. 
 
A gente acha que a gente precisa ensinar as crianças. mas as crianças é que precisam desensinar a gente. 
Lembrar que tudo que a gente precisa esta dentro da gente. 
Seus filhos não estão nem aí pro que os outros pensam, eles estão conectados com quem eles são, eles sentem, e mostram que sentem e eles estão tão investidos em se sentir bem que se acontece algo que eles não gostam eles vão fazer de tudo pra evitar isso!
 
Você vai na verdade ter que falar bem pouco  aprender mais. 
Eles não precisam aprender sobre focar no que esta bom e curtir. 
Eles vieram pra ensinar isso pra gente. 
E se você a aprender isso? Essa a  melhor maneira de falar da lei da começar atração pra crianças.
 
– Juli Andrada 
 
 Aqui o replay da live sobre isso:

Comentar faz bem :)