História da era das cavernas pra mostrar nossa pré disposição a algumas coisas, nosso instinto e emoções, nossa natureza, organismo, e a diferença entre homem e mulher. 
Porque entendendo isso, fica mais fácil realmente melhorar/salvar um relacionamento. 
 
Mulheres, precisam saber de todos os detalhes sobre cada frutinha, cada erva, cada raiz… da floresta. 
Ela precisa saber certinho onde estar e quando estar, pra pegar o alimento maduro antes do bicho comer. 
Ela precisa saber o que pode comer e o que é veneno. 
Como e quando cozinhar cada coisa pois aí está também uma informação vital que pode fazer a diferença entra a vida e a morte. 
Elas estão preocupadas com segurança e saúde.
Ela quando está na floresta, colhendo, está vulnerável e sabe que está o tempo todo correndo risco de vida. 
Quando ela chega em casa, passa todas essas informações em detalhes para a tribo, isso é importantíssimo para  a sobrevivência da aldeia, caso aconteça algo com ela. 
O cérebro da mulher funciona bem diferente do do homem, ela junta palavras a emoções, pra ela é muito importante não esquecer nada, nem um detalhe. 
 
 
Homens, precisam ser bem diretos e objetivos, a função deles é caçar, trazer a caça pra casa. 
Eles não podem se comunicar muito, precisam estar em silencio e em alerta, quando se comunicam, é geralmente em silencio e direto ao ponto. 
Eles tem uma coisa só  a fazer, e vão direto ao ponto. 
O cérebro deles funciona assim também, se precisa passar informação tem que ser o mais direto ao ponto possível. 
Pois se demorar, se tiver muitos detalhes, eles perdem o foco e a caça.
Se tem um problema, eles precisam solucionar rápido, o mais eficientemente possível. 
Quando chegam em casa, se sentem vitoriosos, trazem algo de valor pra família. 
Estão preocupados em fazê-los felizes e proteger a família. 
 
Sabendo disso, entendemos porque as mulheres acham importante contar historias nos mínimos detalhes. E porque homens ficam questionando qual é o ponto da historia, porque está demorando muito,  e o que podem fazer pra ajudar e resolver a questão. 
Percebemos porque mulheres não esquecem de nada. E porque se sentem vulneráveis mesmo que não mostrem, sentem um medo irracional, e precisam se sentir seguras. Isso é essencial. 
 
Sabendo disso percebemos porque os homens tem dificuldades de contar detalhes ou de entender porque a mulher precisam de tantos. Ela precisa disso pra se sentir essa segurança, detalhes significam segurança e elas querem isso do marido. 
 
Essa falta que as mulheres sentem e gostariam de ganhar presentes de vez em quando de surpresa, vem daí também pois os homens as vezes chegavam com a caça, com surpresa em casa pra agradar a familia. 
E a falta que os  homens sentem de que sua vitoria ( um dia de trabalho/ a caça) seja bem recebida em casa, festejada. 
 
Temos essas necessidades naturais. 
Além de outras necessidades que precisam ser atendidas para que um relacionamento seja o melhor possível para os dois. 
 
Ciúmes, tem a ver com: a mulher com necessidades de segurança e certeza, não atendidas.
Traição tem a ver com alguma necessidade (muitas vezes a de ser festejado, admirado) do homem não atendida. 
 

As 6 necessidades básicas dos dois são: 

  1. Certeza/segurança, conforto. 
  2. Variedade. ( fazer coisas diferentes) 
  3. Significado ( se sentir importante, único, valorizado) 
  4. Amor e conexão
  5. Crescimento
  6. Contribuição ( de estar compartilhando, doando, presenteando) 

— Os últimos dois são necessidades espirituais, muitas vezes ignoradas.–

 
Em um relacionamento precisamos atender a essas 6 necessidades básicas um do outro, e sempre parar e questionar se estamos ainda fazendo isso e como melhorar. 
 

Dicas:

 

Primeiro passo. 
 -Seja uma pessoa que a outra pode confiar.
– Relacionamento não é 50/50 não é cada um responsável por uma metade.
– Os dois são inteiramente responsáveis por 100% e precisam estar 100% dedicados. 
 
Segundo passo:
– Entenda e atenda às 6 necessidades básicas 
– Meça e perceba se essas necessidades estão sendo totalmente atendidas. 
– Converse com seu parceiro (a) pra saber se ele(a) está sendo bem cuidado. 
 
Terceiro passo:
– Crie rituais de dar e receber (pelo menos uma vez por semana o homem traz pra casa um pequeno presente para simbolizar sua apreciação e esse é bem recebido) 
– Mantenha esses rituais acontecendo. 
– Isso vai manter a paixão e o amor. 
 
Quarto passo:
– Mostre que você é confiável, sendo estável ( faz o que fala, demonstra o que fala)  e honesto. 
– Tenha certeza que seu parceiro sabe das suas boas intenções todos os dias. 
 
Quinto passo:
– Cure os machucados, as mágoas, aplicando amor e aceitação. 
– O amor cura tudo e vai consertar problemas que nada mais consertaria. 
 
Quando um relacionamento passa por algo doloroso. E esses passos são seguidos, e casa um assume responsabilidade total pelo acontecimento, esse relacionamento não só fortalece como fica muito mais forte do que se nada disso tivesse acontecido. Assim como um osso no corpo que quebra, cicatriza e depois fica muito mais forte do que era antes. 
 
O que nunca vai dar certo é quando um fica culpando o outro. 
Porque assim, nenhuma necessidade de ninguém está sendo atendida. 
 
A mulher com ciúmes está machucada, insegura, e com muito medo. Ela se fecha para o homem, com medo de se machucar mais ainda. 
O homem, talvez tenha dado motivo pra esse ciúmes porque também não estava tendo suas necessidades atendidas, não se sentia vitorioso, valorizado, não se sentia bem recebido em casa.
A mulher agora está fechada, fazendo ele sofrer, com medo de se abrir. 
Ele não sabe o que fazer, ele está com ela porque a ama e quer fazer feliz mas não sabe como melhorar a situação e ela não o deixa entrar, não consegue se abrir, com medo. 
Nesse caso o melhor a fazer para  a mulher é parar de culpar e aceitar a responsabilidade pelo que aconteceu. 
E ele, mostrar que está ali, pronto pra proteger ela, que ela está bem. 
A mulher precisa saber que não importa o que acontecer, que ela vai ficar bem sim. 
 
A sua felicidade nunca depende do outro. 
Relacionamento é cada um tendo 100% de responsabilidade pelo relacionamento, então ficar culpando não adianta. 
O que você vai fazer pra mudar? 
Você quer que ele te trate bem? Então o trate bem? Quer segurança? Então deixa ela entrar, permita que ele te trate bem, se vocês estão juntos é porque os dois querem. 
Foque nisso, foque no que você pode fazer pra dar o que você quer receber. 
Não adianta cobrar uma coisa enquanto você mesmo não está oferecendo isso. 
 
Lembra do começo, lembra do que te atrai nele(a) e foca nisso. 
Nenhuma quantidade de culpa vai fazer um relacionamento melhorar, se ele(a) fez algo que se arrepende, confia que essa pessoa já se culpou o bastante e está ainda investida (o) nesse relacionamento porque te ama.
Confia nisso, porque você merece. 
 
Perceba as fazes difíceis como algo que agora os deixou tão fortes que nada mais pode separar. 
Foque nessa forçam, nessa união. 
Se você quer amor, aceite amor, dê amor. 
 
E foram felizes para sempre ❤️
 
 
— Juli Andrada
 
Artigo inspirado em um evento do Tony Robbins. 
Os passos e as 6  necessidades básicas foram traduzidas e adaptadas. 
 

Comentar faz bem :)